“A gente não quer ser do mal”


...Dizer palavras grossas, jogar na cara tantos sacrifícios, ignorar aquele compromisso.
...Dar as costas para as lembranças mais singelas e preciosas.
Mas, não tem jeito!
Até a mais Cafajeste, a mais insana de todas.
Uma hora encosta no parapeito debruçada com seus sonhos...
E questiona-se, completamente revoltada:
Qual o problema desse cara, se não respondi a mensagem, não atendi as primeiras ligações, porque insiste em ficar na porta do meu prédio?”
Com medo, afugenta-se no lar... doce lar... esperando o malvado, o ruim, o cruel deixá-la por fim... ir garimpar mais um Ouro de Tolo...
Sob a luz da lua nova respira fundo e murmura para si :
Daqui um tempo... terei que sair de paraquedas!
E volta aquela insuportável espera... admirando a luz intensa e majestosa do luar!

1 comentários:

Estou gostando muito de tudo que tenho lido, alguns amo e outros gosto! mas essas mulheres são show!!!!!!!