Paciência


Todo relacionamento exige algo, sempre exige!

Existem aquelas coisas que se faz em comum acordo por puro prazer. Tais como festas, viagens a dois e dentre tantas e outras coisinhas divertidinhas.

Agora... existem atitudes que hoje em dia, poucos estão a fim de abrir mão, sequer compartilhar.

E aquele relacionamento que de repente tinha tudo para emplacar, perder-se numa via sem notar.

Exemplos simples:

- “Eu não gosto de suas amigas (os)”
- “Você não liga, não ama, não se importa, não me responde”, etc.

E se parar pra pensar é sempre alguém dizendo “você não faz”, apontando para o outro, colocando no outro a responsabilidade de um relacionamento bem sucedido.

Neste ponto, pode ter certeza: larga de mão que entraram na contramão.

A continuidade, a persistência nessas reclamações, não há como voltar. O melhor a fazer é partir pra outra.

Daí vem o pensamento latente “mas quando se quer, tudo se ajeita... se conserta”.
Bom isso é verdade, mas cá pra nós já viu isso acontecer? Sem uma grande tormenta?
O “the end”? DU-VI-DO!

Aliás, hoje em dia as pessoas não estão muito a fim de se doar! Se não consegue sanar essa mania de “você não faz isso”, “você não se lembra disso, daquilo”, “você tem péssimos amigos”, “você isso ou aquilo”, sei lá!

Neste patamar, o problema é somente seu.

Porque quem não consegue enxergar no outro algo para se admirar, algo para se ENTUSIASMAR, exaltar, entre outros adjetivos não vê nem em si qualquer coisa que se deva enaltecer!

Afinal, na moral: se existe tanta coisa que desanima porque insistir num relacionamento que tende ao fracasso? Que estupidez imensurável é essa?
Que porcaria de baixa auto-estima é essa? Fala sério!

Aconselhável de fato, é recuar, enxergar a si mesmo e buscar no outro, qualidades, coisas que o encante, o suficientemente para apagar o detestável.

Ao dar esses passos, recuando bem devagar... para visualizar o todo e nada surpreender. Desista!

Termina e deixa o barco seguir.

Deixa simplesmente a energia do universo fazer o seu trabalho, mas AJUDE-O... mande a ELE o que quer.

Se não, passará o resto da vida, reclamando, reclamando e exigindo um relacionamento que nem o homem do seu sonho... aquele com olhos do Brad, com o corpo do Ryan Reynolds seria capaz de dar a você. NEM EM SONHO!

É simples: boas vibrações geram boas coisas, seja o que for que espera da vida, PRINCIPALMENTE para o amor.

0 comentários: